Search
  • Juliano

Chope versus Cerveja

Você é do time que acha que cerveja e chope são a mesma coisa? Ou do time que acha que são coisas diferentes?

Ambos estão certos!


Uma curiosidade para começar: Chope é um termo que só é usado no Brasil. Apesar de ter origem no alemão arcaico, ninguém na Alemanhã chama nosso Chope dessa forma.


A história remete ao início da produção de cerveja no Brasil, quando mestres cervejeiros alemães vieram aqui ensinar o processo de fabricação aos produtores locais.


Depois de um dia de trabalho, eles iam ao bar da fábrica e pediam um Schoppen ao atendente. Os brasileiros deduziram, então, que Schoppen era a cerveja tirada diretamente dos barris da fábrica, mas na verdade tratava-se apenas da unidade de medida, algo próximo de meio litro - variava de 448 a 545ml, dependendo da região. Com a adoção do sistema métrico na Alemanha, essa unidade caiu em desuso, mas o termo Chope ficou marcado no Brasil como a cerveja tirada de barril.


É importante dizer que, do ponto de vista do produto, Chope ou Cerveja são exatamente a mesma coisa. Só mudando a destinação na hora do envase, indo parte para barris e parte para garrafas. Por isso o time que acha que são a mesma coisa está certo.


Já o time que acha que é diferente também está certo por causa da legislação. Ela já teve definições confusas, contraditórias, muitas idas e vindas, até que em 2019 houve uma simplificação e posterior definição que o termo Chope pode ser usado apenas para a cerveja não pasteurizada, independentemente se em barril ou garrafa.


Assim, para fins práticos, a única diferença seria quanto à pasteurização e mesmo assim é um termo opcional. Logo, aquelas frases como "acho chopp mais fácil de beber", "cerveja me deixa mais tonto que chopp" e por aí vai estão mais para lendas urbanas. Pois são o mesmo produto e a pasteurização, bem feita, não alteraria o paladar e muito menos o teor alcoólico.


7 views

© 2017 - 2020 Cervejaria Carcamanos